segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioEstadoIAT institui rede para colaboradores voluntários na identificação da fauna silvestre

IAT institui rede para colaboradores voluntários na identificação da fauna silvestre

Principal objetivo é manter o registro atualizado de profissionais capacitados para apoio nas ações. Cadastramento como colaborador voluntário poderá ser feito por pessoas físicas ou jurídicas, habilitadas nas áreas de Biologia, Medicina Veterinária e afins.

- Advertisement -

O Paraná conta agora com a Frente de Especialistas em Reconhecimento de Animais Silvestres (Feras). A iniciativa é do Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à secretaria estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest). O principal objetivo é manter o registro atualizado de profissionais capacitados para apoio nas ações de identificação de espécies da fauna silvestre.

O Feras foi oficializado nesta quarta-feira (29) pela portaria IAT nº 203/22. O cadastramento como colaborador voluntário poderá ser feito por pessoas físicas ou jurídicas, maiores de idade, e devidamente habilitadas nas áreas de Biologia, Medicina Veterinária e afins. Além disso, é necessário apresentar o registro profissional junto ao conselho ou entidade de fiscalização do exercício da profissão.

Os integrantes do Feras irão auxiliar no reconhecimento de espécies da fauna silvestre de identificação duvidosa. Eles também poderão participar de eventos, grupos de trabalho ou outras atividades estabelecidas pelo órgão ambiental estadual, relacionados à fauna silvestre.

“As equipes técnicas do IAT necessitam, eventualmente, do apoio de especialistas em diferentes grupos taxonômicos para confirmar a identificação dos animais recebidos ou resgatados da fauna silvestre, além daqueles contidos em listas de espécies apresentadas no escopo dos estudos e nos processos de licenciamento ambiental”, explica o diretor-presidente do IAT, José Volnei Bisognin.

A chefe da Divisão de Fauna do IAT, bióloga paula vidolin, afirma que esta é mais uma ação integrante das iniciativas pró-fauna. “Embora o órgão ambiental possua corpo técnico com expertise em fauna silvestre, o apoio de colaboradores voluntários é uma forma de aproximar a comunidade científica e os consultores ambientais à instituição, possibilitando um apoio mútuo”.

O Feras, de acordo com ela, é uma forma de apoio às atividades desenvolvidas pelo IAT, além do reconhecimento formal à cooperação de profissionais que já atuam como colaboradores voluntários junto às equipes técnicas do órgão.

CADASTRO – O cadastro deverá ser feito através do preenchimento de formulário próprio disponibilizado AQUI. Os profissionais com cadastro aprovado terão seus nomes divulgados no site oficial do IAT e o acionamento poderá ocorrer por contato telefônico, aplicativo de mensagens ou por email.

 

Por AEN

Últimas Notícias