terça-feira, junho 18, 2024
InícioEstadoCidades decretam Situação de Emergência e chuva deixa mais de 650 desabrigados...

Cidades decretam Situação de Emergência e chuva deixa mais de 650 desabrigados em SC

- Advertisement -

Ao todo, 24 cidades catarinenses registraram ocorrências por conta da chuva e oito municípios decretaram a Situação de Emergência. Rio do Sul foi o primeiro

 O governador Jorginho Mello acompanhou na sede da Defesa Civil a atualização do último Relatório elaborado e emitido pela Diretoria de Gestão de Desastres da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil (SDC), divulgado no fim da tarde deste domingo, 19, e que mostra que 24 municípios registraram ocorrências relacionadas às chuvas e oito  municípios decretaram Situação de Emergência (SE). São eles: Passo de Torres, Sombrio, São João do Sul, Balneário Gaivota, Jacinto Machado, Maracajá, Araranguá e Rio do Sul.

Por determinação do governador, o Centro Integrado de Operações (CIOP) foi ativado e começou a operar nesta manhã. “Determinei a ativação do Centro para monitorar a situação das chuvas e estarmos preparados para dar todo o suporte à população e aos municípios atingidos, com uma pronta resposta. Mesmo a previsão indicando melhora no tempo a partir de amanhã (segunda), continuamos atentos ao cenário”, explica o governador Jorginho Mello.

Por conta das chuvas do fim de semana, o estado registra ainda 117 desalojados e 654 desabrigados, sendo 483 só em Rio do Sul. O município teve vários bairros alagados e foi o primeiro a decretar situação de emergência.

Nas últimas 24 horas os maiores acumulados ficaram em 73.7 mm em Witmarsum, 68.8 mm em Rio do Sul, 65.8 mm em Lontras e 64.6 mm em São Bento do Sul. Confira os acumulados de precipitação:

No momento, os ventos sopram de direções variadas pelo estado catarinense, com intensidade fraca. Não são esperadas mudanças significativas nas condições do tempo para as próximas horas e não há risco para ocorrências meteorológicas.

Situação dos rios

Fonte: Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil

Danos humanos por conta das chuvas 

Ocorrências nos municípios

Desde a última quinta-feira, 16, a equipe da Diretoria de Gestão de Desastres da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina (SDC) monitora a aproximação de chuvas persistentes e volumosas em diversas regiões do estado, apresentando risco moderado a alto de ocorrências associadas a alagamentos, enxurradas, enchentes, deslizamentos e inundações.

Quanto aos Itens de Assistência Humanitária (IAH) foram enviados para Araranguá, São João do Sul e Rio do Sul, totalizando cerca de R$ 184 mil reais. Os itens enviados foram cestas básicas, água potável, kit higiene, kit limpeza, colchões de solteiro e casal, e kit de acomodação solteiro e casal.

Foto: Airton Fernandes/SDC

Rio do Sul: Alagamentos pontuais pelo município, seis abrigos foram abertos com aproximadamente 135 famílias, contabilizando 483 pessoas. Há informações de transbordamento de ribeirão nos bairros: Barra do Trombudo, Taboão, Valada São Paulo, Ribeirão do Tigre e Ribeirão Matador. Houve uma queda de muro no bairro Barragem, colocando uma residência em risco. O Loteamento Luiz Bianchet está com 1,5m de água, algumas ruas do bairro Canoas estão com alagamentos, o túnel de acesso ao bairro Fundo Canoas está interrompido.

São João do Sul: Desalojados: 154 pessoas. Comunidades isoladas: , sendo: Barrinha, Sanga Danta, Campestre. Pessoas isoladas: 78. Vias interditadas: 4. O município continua em alerta pois temos pessoas desalojadas e que estão com água dentro de suas casas. A maioria destas pessoas são da comunidade de Barrinha que está afetada pela elevação da Lagoa do Sombrio. Inicialmente distribuímos algumas cestas básicas do Município e posteriormente Itens de Assistência Humanitária (IAH) recebidos da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil, para os afetados. Ocorreram danos em estradas, cabeceiras de pontes e deslizamentos de encostas. A Rodovia Estadual SC 290 está totalmente liberada. Os alertas foram emitidos, permitindo para os afetados erguerem seus bens dentro de casa. Fizemos alerta de evacuação para uma moradora com risco de deslizamento de casa às margens do rio Sertão. A Proteção e Defesa Civil, em conjunto com as demais secretarias da Prefeitura de São João do Sul, está auxiliando no transporte dos afetados nas localidades isoladas. Ainda existe um abrigo público aberto, porém não foi utilizado.

São Joaquim: Deslizamento de terra ocasionou uma rachadura no asfalto. Localidade de Serrinha, na Rodovia SC 390, km 379, entre São Joaquim e Bom Jardim da Serra, parcialmente interditada, passando apenas veículos leves.

Jaguaruna: Há relatos de muitos buracos nas rodovias com pontos de alagamento em algumas localidades.

Lontras: Considerando os elevados volumes de chuvas, foram abertos dois abrigos com 41 pessoas, a Rodovia SC-110 está interrompida no acesso a Presidente Nereu.

Laurentino: Considerando os elevados volumes de chuvas, foi aberto um abrigo com oito famílias.

Agronômica: Considerando os elevados volumes de chuvas, foi aberto um abrigo (ainda sem número de famílias).

Rio do Oeste: Considerando os elevados volumes de chuvas, foi aberto um abrigo (ainda sem número de famílias).

Taió: Registro de um abrigo aberto com 32 desabrigados. O município registra 35 pessoas desalojadas.

Recomendações para a população

  • Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas locais nas redes oficiais da SDC;
  • Não trafegue em áreas sujeitas a alagamentos;
  • Não transite em pontes ou pontilhões submersos;
  • Cuidado redobrado com crianças próximas a rios ou ribeirões;
  • Reforce a segurança em telhados e estruturas que possam ser afetadas por ventos fortes;
  • Evite atividades ao ar livre durante temporais e busque local abrigado;
  • Fique atento a inclinação de postes e árvores;
  • Fique atento aos movimentos de terra ou rochas próximas a sua residência;
  • Fique atento a rachaduras em muros e paredes.

Avisos e Alertas da SDC

A Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina reitera a necessidade de acompanhar diariamente os avisos e boletins devido às constantes atualizações nos modelos de previsão do tempo.

Para receber os avisos e alertas da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina por SMS, cadastre-se com seu celular. Basta enviar o CEP de sua cidade ou da localidade que deseja monitorar (com ou sem hífen ou espaço) por SMS para o número 40199.

Para inserir mais de um CEP a ser monitorado, basta repetir o procedimento. Além disso, acompanhe diariamente os avisos e boletins de previsão do tempo devido às atualizações nos modelos meteorológicos no site www.defesacivil.sc.gov.br

Últimas Notícias