sábado, julho 2, 2022
InícioDestaqueRioMafra inicia distribuição de lonas a famílias com casas atingidas por granizo

RioMafra inicia distribuição de lonas a famílias com casas atingidas por granizo

ads
- Advertisement -

O temporal que ocorreu na tarde deste domingo (29) deixou diversas casas destelhadas e chegou até a derrubar a torre das rádios Nova Era e São José

As Defesas Civis de Rio Negro e Mafra já iniciaram a distribuição de lonas para famílias que tiveram suas casas danificadas pelo temporal de granizo ocorrido na tarde deste domingo (29). A chuva deixou diversas residências destelhadas e até mesmo sem eletricidade, tanto no Centro quanto em localidades rurais das duas cidades.

Em Mafra o prefeito Emerson Maas publicou um vídeo em suas redes sociais anunciando que já está sendo feita a distribuição de lonas e que amanhã (30) será aberto o cadastro para a distribuição de telhas. Em outro vídeo, ele ainda pediu doações de cobertores para também entregar às famílias necessitadas. Tanto a retirada, quanto as doações podem ser feitas na sede da Defesa Civil de Mafra, que fica próxima à antiga sede da Prefeitura.

O mesmo será feito em Rio Negro. As lonas podem ser retiradas no Corpo de Bombeiros e amanhã (30) o cadastro das famílias atingidas pelo temporal para realizar o levantamento de danos ocorrerá no Salão Paroquial 6 de Agosto, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. É necessário levar RG e comprovante de residência.

Pode ser uma imagem de texto que diz "A Defesa Civil de Rio Negro comunica que cidadãos prejudicados pela tempestade de granizo ocorrida na tarde do dia 29 de maio que precisarem de auxílio com lonas podem comparecer ao Corpo de Bombeiros de Rio Negro Rua Lauro Pôrto Lopes, 97, Centro TELEFONES ÚTEIS Corpo de Bombeiros: (47)3645-3336 Defesa Civil RN WhatsApp: (47) 99171-1778 DEFESACIVL BRASIL MUNICÍPIO RioNegro TRABALHO, FÉ EPERSEVERANÇAI"

Outros danos

Cerca de 12 mil imóveis de Mafra também ficaram sem luz devido à tempestade, mas, segundo a Celesc, equipes extras estão sendo montadas para resolver a situação.

No Alto de Mafra as rajadas de vento derrubaram a torre das rádios Nova Era e São José, o que comprometeu o sistema de comunicação da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que funcionava no local.

Por Millena Sartori/Tribuna da Fronteira

 

 

Últimas Notícias