terça-feira, junho 18, 2024
InícioRegiãoCIDASC de Itaiópolis recebe médico veterinário

CIDASC de Itaiópolis recebe médico veterinário

- Advertisement -

Marcus Vinicius Augustynczyk vai atuar na Defesa Sanitária Animal do município

Nesta quinta-feira (8), foi apresentado no município de Itaiópolis o médico veterinário Marcus Vinicius Augustynczyk, para atuar na Defesa Sanitária Animal, estreitando os laços de amizade entre estado e município.

Em reunião no gabinete do prefeito Mozart Jose Myczkowski, foi explicado como é e será o trabalho desenvolvido pela CIDASC na região. O município conta com 21.669 habitantes, 3.548 propriedades registradas junto a CIDASC e 1.295,319 Km2.

Com escritório anexo a secretaria de agricultura municipal onde a partir desta data, estará sob sua responsabilidade. O objetivo é somar e contribuir com a demanda da região. Já algum tempo estavam sem um médico veterinário fixo no município.

Carolina Grasel Barbosa Hack que era responsável pelo município, recebeu a missão de responder pela área de inspeção de produtos e subprodutos de origem animal (agroindústrias) do Departamento de Regional de Mafra, que compreende os municípios de Campo Alegre, São Bento do Sul, Rio Negrinho, Mafra, Itaiópolis, Papanduva, Monte Castelo e Santa Terezinha.

Itaiópolis ficou com o atendimento no escritório local apenas nas segundas-feiras, dia que era enviado um profissional de Mafra para suprir a demanda. Hoje tem um médico veterinário oficial para suprir a necessidade diária e cumprir a missão de “Executar ações de sanidade animal, preservar a saúde pública, promover o agronegócio e o desenvolvimento sustentável de Santa Catarina”.

Com este trabalho, Santa Catarina é reconhecida como referência e excelência em sanidade agropecuária, no Brasil e no mundo, exportando para mais do 150 países e garantindo praticamente 30% do PIB catarinense.

O gestor regional da CIDASC, Fabiano Franco dos Santos, parabenizou o município pelos seus 105 anos de fundação, “estamos somando junto como município na entrega deste colega que atuará na região em tempo integral. Quem ganha será o produtor que necessita dos trabalhos da CIDASC, coloca a comida em nossa mesa e faz girar a economia do estado”, completou Fabiano.

O escritório continua no mesmo local, anexo à Secretaria de Agricultura do município com o horário de atendimento ao público normalizado.

Últimas Notícias