domingo, maio 19, 2024
InícioDestaqueCampanha de Vacinação contra 16 doenças começa nesta segunda; veja onde será...

Campanha de Vacinação contra 16 doenças começa nesta segunda; veja onde será o atendimento em Mafra

- Advertisement -

O objetivo é atualizar a Caderneta de Vacinação da criança e do adolescente no período de 5 a 30 de outubro, sendo dia 17 o dia D de divulgação e mobilização nacional

Vem aí mais uma Campanha Nacional de Multivacinação com data marcada para início nesta segunda-feira, 5 de outubro. O público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias) para atualizar os cartões de vacinação.

Um dos destaques da campanha é o combate à poliomielite, doença contagiosa que acomete, em geral, os membros inferiores, tendo como principais características a flacidez muscular. Em Mafra, a meta é vacinar todas as crianças contra a pólio: menores de cinco anos, com população estimada em cerca de 4 mil indivíduos (estimativa do IBGE/2012 – 3.866 crianças).

Vacinas oferecidas durante a campanha

As doses que serão oferecidas durante a Campanha são as que fazem parte do Calendário Básico de Vacinação 2020 da Criança e do Adolescente:

  • Febre amarela
  • Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola)
  • dT (difteria e tétano)
  • Meningocócica ACWY (doença meningocócica ACWY)
  • HPV quadrivalente (HPV tipos 6, 11, 16 e 18)
  • Poliomielite
  • BGC (formas graves de tuberculose)
  • Hepatite B
  • Pentavalente (tétano, difteria, coqueluche, Haemophilus influenzae b e hepatite b)
  • Rotavírus (diarreia por rotavírus)
  • Pneumocócica 10 (doença pneumocócica invasiva para os 10 sorotipos)
  • Meningocócica C (doença meningocócica C)
  • Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela)
  • DTP (difteria, tétano e coqueluche)
  • Hepatite A
  • Varicela (catapora)

Onde tomar a vacina em Mafra

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde orienta para os pais ou responsáveis dirigirem-se a uma das 10 salas de vacina do município credenciadas, levando a carteirinha de vacinação da criança ou do adolescente. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7 às 16 horas. Vale lembrar que as ESFs CAIC, Restinga, Central, Vila Nova, Bela Vista e Espigão do Bugre têm horário estendido das 17h30 às 21h30.

As salas estão alocadas nas seguintes Unidades de Saúde da Família:

  • ESF Ben. Ulla Schneider- Jardim América – Rua José Reitmeyer, s/n. 3642-9291
  • ESF Ricardo Gregório – Vila Nova – Rua Carlos Urbanite, s/n. 3642-7124
  • ESF CAIC – Avenida das Rosas, 6377 – Vila das Flores. 3642-5586
  • ESF Ben. Ana Zilda Ruthes – Espigão do Bugre – Rua Ramiro Ruthes, s/n. 3643-5162
  • ESF Central (temporariamente atendendo na Policlínica Municipal) – Rua Dr. Mathias Piechnick, 55 – 3641-5200
  • ESF Guilherme Ganzert – Faxinal – Rua José Stoebel Filho s/n – 3643-1008
  • ESF Edvino Hable – São Lourenço – Estrada Geral São Lourenço – 3643-6074
  • ESF Ben. José Tauscheck – Vista Alegre – Rua Tupinambás, s/n. 3642-8005
  • ESF Vereador Edson Luiz Schultz – Restinga – Rua Cirineo Mota Espesin esq. c/ Ben. Paulo Tavares – 3645-1033
  • ESF Juventino Haas Petters – Bela Vista dos Sul – Rua Primitivo Peters, s/n. 3642-8678.

 

Dia D

O dia 17 de outubro será o Dia D de mobilização. As salas de vacinação neste sábado estarão abertas das 8 às 17 horas.

A Secretaria Municipal de Saúde conclama os pais ou responsáveis que levem seus filhos para se vacinarem e manter o território livre de doenças.

Realização da campanha e a COVID-19

De acordo com o Ministério da Saúde, com base no entendimento atual das formas de transmissão da COVID-19 e nas medidas de prevenção recomendadas as ESFs irão adotar as seguintes medidas:

  • A administração das vacinas será feita em áreas bem ventiladas e desinfetadas com frequência;
  • Será disponibilizado local para lavagem adequada ou o uso desinfetantes para as mãos, pelos usuários;
  • Será limitado o número de familiares que acompanham a pessoa que será vacinada (1 acompanhante);
  • Será realizada a triagem de pessoas que apresentem sintomas respiratórios antes da entrada na sala de vacinação, para evitar a propagação do SARS-CoV-2.

Da redação com informações da Prefeitura Municipal de Governo Estadual

 

 

Últimas Notícias