terça-feira, junho 18, 2024
InícioEstadoBatalhão de Aviação da Polícia Militar realiza missões de resgate por causas...

Batalhão de Aviação da Polícia Militar realiza missões de resgate por causas das fortes chuvas

- Advertisement -

Em resposta às intensas chuvas que assolaram Santa Catarina nos últimos dias, o Batalhão de Aviação da Polícia Militar do estado (BAPM) está desempenhando um papel crucial em operações conjuntas com o Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná e outras entidades públicas.

Desde o início das operações na sexta-feira, 17 de novembro, a unidade realizou inúmeras missões de resgate, enfrentando enxurradas, ventanias e a rápida elevação do nível das águas.

Na cidade de Trombudo Central, 29 pessoas foram resgatadas de situações extremas, encontrando-se ilhadas nos telhados de suas residências, ameaçadas pelo iminente risco de inundação.

Além disso, o BAPM coordenou o transporte de vítimas e pacientes de Pouso Redondo para Rio do Sul, incluindo o urgente deslocamento de um paciente necessitando de transplante de fígado para Blumenau. Em outra missão delicada, um bebê de 5 meses, oriundo de Agronômica e demandando cuidados hospitalares especiais, foi transferido para Rio do Sul.

O Batalhão de Aviação da PMSC, além das operações de resgate e transporte de pacientes, está entregando mantimentos em comunidades isoladas pelas cheias. Graças ao apoio aéreo da Polícia Militar, diversas missões de socorro à comunidade foram concluídas no sábado, 18, e domingo, 19.

Dentre os feitos notáveis em 18 de novembro, destaca-se o transporte de uma gestante em uma área isolada, prestes a ser atingida pela correnteza em Rio do Sul, o deslocamento de um paciente com câncer avançado que necessitava de atendimento especializado urgente, o transporte de quatro pacientes para tratamento de hemodiálise de Taió para Rio do Sul, e o transporte de quatro pacientes de Trombudo Central e Rio do Oeste para tratamento de hemodiálise em Rio do Sul.

No dia 19 de novembro, as operações continuaram com o transporte de pacientes para hemodiálise de Salete e Taió para Rio do Sul, o deslocamento de uma mãe e filho para Rio do Campo visando tratamento especializado para autismo, o transporte de alimentos, água e medicamentos para comunidades isoladas em Rio do Sul. Também foi transportado um paciente para tratamento oncológico de Rio do Oeste para Rio do Sul, além do atendimento emergencial a um homem que sofreu traumatismo crânioencefálico grave após ser atingido pelo coice de um cavalo enquanto tentava retirar o animal de uma área inundada em Ituporanga.

Durante todo esse período, o BAPM continua realizando o transporte de policiais militares do 13º Batalhão de Polícia Militar e de outras unidades policiais para reforço no policiamento local nas cidades isoladas pela enchente, incluindo Rio do Oeste, Laurentino, Aurora, Trombudo Central, Braço do Trombudo e Agrolândia.

Últimas Notícias