O casal Mario Clemente, de 77 anos, e Helena Richter Clemente, de 73 anos, são casados há 54 anos. Residentes da localidade de Avencal de Cima, de Mafra, foram vítimas da Covid-19 em março de 2021, um mês depois de Mario sofrer um infarto, ser internado e passar por um cateterismo – fatores que o reforçam como integrante do grupo de risco da doença decorrente da pandemia. Hoje recuperados, eles contaram sua história à reportagem da Tribuna da Fronteira.

Quando questionados como foram infectados, eles afirmam não saber. “Só que começamos a sentir dor de ouvido, dor na bexiga, no rim, mal estar, cansaço, fraqueza, falta de apetite, disenteria. Aí procuramos a médica depois de 3 dias depois que começamos a passar mal”, conta dona Helena. “Entramos em contato com a Solumedi, que marcou consulta com a Dra. Andreia Soccol Scholz. Fomos muito bem recebidos e começamos no mesmo dia o tratamento em casa. Isolados e muito, mas muito ruim… Foram 2 semanas muito difíceis; fracos, sem apetite, sem paladar… mas graças a Deus sem falta de ar e pouca febre”, relata ela.

Cuidados pela equipe médica e pela família, o casal afirma que o apoio dos seus próximos os ajudou a enfrentar a doença. “A família ajudou no que podia. Parentes, vizinhos: todos mandaram mensagem de paz e amor, o que ajudou muito nesse momento difícil”, afirma dona Helena.

Hoje, melhores dos sintomas e seguindo todos os cuidados e orientações médicas, o casal fala que o que mudou depois da recuperação: “Mudamos o jeito de pensar, agradecer pelos pequenos detalhes, pelo arroz e feijão. Pela família por perto, pelo sono da noite toda, por Deus e Nossa Senhora nas nossas vidas”.

Em vídeo gravado à reportagem da TF, dona Helena também deixou uma mensagem para as famílias que estão enfrentando a pandemia dentro de casa. “Não se desesperem quando chega esse momento. Só se apeguem à Deus, Nossa Senhora e aos profissionais competentes que vai dar tudo certo”, conclui ela.

 

Da Redação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.